Loading...

segunda-feira, 8 de junho de 2009

Modelos e molduras

Modelos para bilhetes, elogios, mensagens e cartazes.








Espero que gostem. O feriado está chegando é legal mandar um recadinho para os alunos, de fim de semana, de bom retorno, ou até mesmo um bilhetinho, uma mensagem, aí está algumas ideias, basta clicar duas vezes em cima do desenho para amplia-lo ou clicar com o botão esquerdo e salvar.
bjs.

terça-feira, 2 de junho de 2009

Festa Junina (convites e lembrancinhas)

Olá meninas, pesquisando na net encontrei nos blogs abaixo muitas ideias geniais, estas meninas são muito criativas. Parabéns! gostaria de lembrar que estas ideias não são minhas eu retirei dos blogs:
* www.marciliacampos.blogspot.com (caixa de ideias)
* www.fazendoartenaescola2.blogspot.com
* www.jacirinha.blogspot.com
* www.amigasdaedu.blogspot.com
* www.petilola.blogspot.com
MODELOS DE CONVITES









MODELOS DE LEMBRANÇAS DE MESA
















Espero que gostem, e prestigiem estes blogs pois eles tem muitas outras ideias.
bjs.

Meio ambiente

Meio ambiente, ao contrário do que muita gente pensa, não é só natureza. Além das árvores, dos rios, das praias, do mar, do ar que a gente respira, o meio ambiente também é nossa rua, nossa casa, nosso corpo e as relações que temos com as pessoas.
Por isso é necessário que a escola trate de questões que interferem na vida dos alunos e com as quais se vêem confrontados no dia-a-dia.
Em seguida, relatamos uma experiência escolar positiva para servir como inspiração a outras iniciativas semelhantes

As temáticas sociais vêm sendo discutidas e são incorporadas aos currículos das disciplinas, especialmente nos de História, Geografia e Ciências Naturais. Comportamentos ambientalmente corretos serão aprendidos na prática do dia-a-dia na escola: gestos de solidariedade, hábitos de higiene pessoal e dos diversos ambientes.
Sugestões de músicas
Planeta Água
Guilherme Arantes

Planeta Azul
Chitãozinho e Xororó

Natureza, Espelho de Deus
Chitãozinho e Xororó

O sal da Terra
Roupa Nova

Preserve
Ultramen

Amazônia
Roberto Carlos


Xote Ecológico
Luiz Gonzaga


Depois de ouvir e cantar as músicas sugeridas , pedir para que cada um destaque uma frase e a ilustre como imagina, fazendo quadros.
Cada um expõe sua idéia e sugere uma ação que pode contribuir para a preservação do meio ambiente.
Formar um painel com estes quadros e expô-los em lugar público, criando um ambiente com recortes que tratem da realidade atual, materiais reciclados e dicas de preservação.
Incentivar a criação de paródias com o tema da preservação.
Desafiar o grupo, convidando-o a uma ação concreta - dentre aquelas que eles mesmos sugeriram - ou outra, como por exemplo: criar um material com dicas para ser distribuído (marca-página, folder, boletim...), recolher o lixo que fica exposto, recolher o material que é reciclável e repassá-lo para quem trabalha com estes materiais etc.

Este ano estamos fazendo algo simples mais produtivo:
- Filme sobre o Meio ambiente (sugestões)
* Os sem-florestas
* Mogli
* Wall@
* Tarzan
- Exposição de cartazes, acrósticos, poesias, paródias e frases
- Visitações e excursões
- Apresentações (eu vou representar a música "Depende de nós", veja como vou fazer:)

MÚSICA DEPENDE DE NÓS

Depende de nós
Quem já foi
Ou ainda é criança
Que acredita
Ou tem esperança
Quem faz tudo
Pr'um mundo melhor...
(CRIANÇAS COM BOLAS, BONECAS, CARRINHO, BRINCANDO DE RODA... SAEM...)
Depende de nós
Que o circo
Esteja armado
Que o palhaço
Esteja engraçado
Que o riso esteja no ar
Sem que a gente
Precise sonhar...
(CRIANÇAS VESTIDAS DE PALHAÇOS, VIRAM CAMBALHOTA, DANÇAM, VIRAM ESTRELINHA... SAEM...)
Que os ventos
Cantem nos galhos
Que as folhas
Bebam orvalhos
Que o sol descortine
Mais as manhãs...
(ENTRA CRIANÇAS DE VERDE CORRENDO E UMA DE AMARELO – SOL – SAEM)
Depende de nós
Se esse mundo
Ainda tem jeito
Apesar do que
O homem tem feito
Se a vida sobreviverá...
(UMA CRIANÇA COM O GLOBO, DUAS CRIANÇAS ENTRAM E JOGAM LIXO NO CHÃO...)
Que os ventos
Cantem nos galhos
Que as folhas
Bebam orvalhos
Que o sol descortine
Mais as manhãs...
(CRIANÇAS DE VERDE DE NOVO DANÇANDO E AMARELO)
Depende de nós
Se esse mundo
Ainda tem jeito
Apesar do que
O homem tem feito
Se a vida sobreviverá...
( Mundo e lixo de novo...)
Depende de nós
Quem já foi
Ou ainda é criança
Que acredita
Ou tem esperança
Quem faz tudo
Pr'um mundo melhor...
(CRIANÇAS DE NOVO...)
Depende de nós!
Depende de nós!
Depende de nós!...
(TODOS JUNTOS DÃO A MÃO E DANÇAM...)

- Entrega de mudas no sinal (turma de 5o ano)

Amigas, espero que gostem das ideias, depois postarei as fotos. bjs.

Casamento Caipira - Festa Junina

Olá pessoal, estou postando a sugestão de um casamento caipira:

Casamento Caipira

Personagens

01 Padre

01 Pai da Noiva

01 Noivo

01 Noiva

01 Ex-namorado

Convidados

Cena

O Padre espera no altar.

O pai da noiva entra com uma garrucha apontada para as costas do noivo

Dialogo:

Pai

– Vamos cabra safada

– Pensou que ia escapa dessa?

Senhor Vigário

– Aqui tá o noivo

– Faz logo esse casório. Senão prego fogo!

Noivo

– Ai, meu nosso Senhor, dessa eu não escapo!

Padre

– Que entre a noiva.

– Seja o que o senhor quiser.

Entra a noiva.

Todos gritam: Viva os noivos!

A noiva com cara de quem apronta todas, entra toda sorridente.

Começa o casório

O vigário pergunta:

– Seu Felisberto Cornélio Filho

– É de gosto casar com Dona Puritana das Virgens Solta?

O noivo assustado não responde logo.

O Pai aponta a espingarda e diz:

– Fala cabra safado, na hora de cair no mato com a minha filha não teve medo.

– Agora casa ou morre.

Noivo

– Sim, Senhor Vigário não tem jeito não é?

– Eu caso.

Padre

– Dona Puritana das Virgens Solta.

– É de gosto casar com seu Felisberto Cornélio Filho?

Noiva

– Claro seu Vigário.

Escorreguei na primeira.

Escorreguei na segunda.

Mas este não me escapa não.

Eu caso sim.

O Padre Pergunta:

Alguém sabe alguma coisa contra este casamento?

Um dos escorregos responde:

– Eu sei seu vigário.

Padre

– Então diga homem.

O Pai aponta a espingarda pra ele, que fica com medo

diz:

Etá casamentão pai dégua sô!

Viva os noivos!

Acaba a cerimônia.